Cidades

Secretaria intensifica combate ao trabalho infantil

Palestras, rodas de conversa e sarau de poesias

Publicado em 2018-06-11 16:00:01 Atualizado em 2018-06-11 16:00:01 (137 visualizações)

Com o objetivo de proteger crianças e adolescentes, a Secretaria Municipal de Inclusão, Assistência e Desenvolvimento Social de Sumaré intensifica, a partir da próxima semana, as ações de conscientização e combate ao trabalho infantil. As atividades acontecem em alusão ao Dia Nacional de Combate ao Trabalho Infantil, celebrado no dia 12, e na programação estão palestras, rodas de conversa e sarau de poesias, além de caminhadas de mobilização em diferentes regiões da cidade.

No Brasil, é proibido o trabalho de crianças e adolescentes menores de 16 anos. A legislação permite apenas o exercício de atividades remuneradas na condição de aprendiz, na faixa etária entre 14 e 16 anos.

“Quando uma criança trabalha, ela tem menos tempo para estudar, para brincar, para a convivência familiar, e isso é a porta de entrada para a violação de demais direitos. Nosso dever, enquanto Poder Público e enquanto cidadãos, é proteger nossas crianças e zelar pelo seu pleno desenvolvimento. Nos próximos dias, estaremos reforçando este apelo junto à população, buscando conscientizar e, consequentemente, combater o trabalho infantil”, comentou o prefeito Luiz Dalben.

Na próxima terça-feira, dia 12, a erradicação do trabalho infantil será o tema de uma roda de conversa junto às mães adolescentes atendidas pelo projeto “Mamãe Bem Querer”, executado em parceria com o IBQ (Instituto Bem Querer). Já para as crianças atendidas pelo SCFV (Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos) do São Domingos, a entidade preparou a “Tarde da Alegria”, que acontecerá na Praça da República, Centro, a partir das 13h, com cama elástica, pula-pula, dança e algodão doce. O objetivo da atividade, além de proporcionar uma tarde especial à garotada, é também chamar a atenção da população sobre a importância de brincar para o desenvolvimento social, emocional e cognitivo das crianças.

Nas regiões de Nova Veneza e Área Cura, também no dia 12, as crianças atendidas pelos SCFVs de Nova Veneza e do Jardim do Trevo, em parceria com a SHD (Sociedade Humana Despertar), sairão às ruas próximas para mobilização da comunidade sobre o assunto. As caminhadas acontecerão às 9h e às 14h.

Tem caminhada programada também na região do Maria Antonia, com as crianças atendidas pelo SCFV Angelo Tomazin, em parceria com a Associação Recanto Tia Cecília. A atividade acontecerá dia 12, às 9h. Além disso, no CRAS (Centro de Referência em Assistência Social) do Angelo Tomazin também haverá na data palestra de orientação e conscientização junto às famílias do PAIF (Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família).

Para o dia 19, a SHD está preparando junto às crianças, adolescentes e idosos atendidos no SCFV do Picerno e à comunidade, um Sarau de Poesias, que acontecerá de manhã e à tarde. A população poderá votar em sua poesia preferida sobre os temas “trabalho infantil” e “meio ambiente”, que já estão sendo produzidas.

“Nosso objetivo com essas atividades é conscientizar a população de que o trabalho precoce causa danos irreparáveis ao desenvolvimento das crianças e adolescentes. Além de protegê-las, também temos trabalhado no sentido de estimular a aprendizagem profissional como importante forma de combate ao trabalho irregular, buscando vagas em programas de ‘jovem aprendiz’ aos adolescentes de 14 a 18 anos que se encontram em situação de vulnerabilidade social”, explicou o secretário municipal de Inclusão Social, Edson Cosme.

DENUNCIE

Para denúncias sobre trabalho infantil, a população pode procurar o Conselho Tutelar de Sumaré, que atende pelos números (19) 3828-7893 e (19) 3873-2122, ou ligar para o Disque 100. Além destes dois órgãos, também podem ser acionados o Conselho Municipal de Assistência Social, o Conselho de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente, Procuradoria Regional do Trabalho e Superintendências Regionais do Trabalho.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PUBLICIDADE


Cidades

Ao invés de tricotar, tavam traficando


Tóxico no PVC. Mas ninguém apareceu


Novo Viaduto vai ganhando 'corpo'


Sextou. Era conhecido da PM, tava em lugar suspeito


Coleta seletiva conscientiza munícipes



© 2009-2018. Portal Novo Momento de Notícias. website: pratza