Geral

Concurso leva 5 startups para os EUA

Inscrições vão até dia 20 de setembro

Publicado em 2018-09-14 10:00:02 Atualizado em 2018-09-14 10:00:02 (298 visualizações)

Levante a mão o empreendedor que nunca pensou em ultrapassar fronteiras para expandir seu negócio e estimular a alta nos ganhos. E, em épocas de economia oscilante, que fica à mercê das notícias políticas, a vontade aumenta. O Hub55 Startup Dive USA, programa de imersão para startups que acontecerá nos Estados Unidos no início de 2019, pode ser uma excelente oportunidade para tirar do papel o plano de internacionalizar a operação. As inscrições para a seleção, que vai escolher cinco startups brasileiras para ganharem subsídios de até 65%, vão até o dia 20 de setembro.
 
O programa dará todo o suporte para a startup que pretende se internacionalizar, o que compreende conhecer potenciais clientes e parceiros, atuar globalmente e garantir exposição e competitividade também no mercado nacional. "Nós sabemos que chega um momento na vida da startup em que ela precisa expandir e começar a explorar novos mercados. A visita a ecossistemas internacionais, seja para aprendizado ou para se estabelecer comercialmente, é essencial para isso. O Hub55 Startup Dive USA segue essa linha e é uma ótima oportunidade para quem quer trazer coisas novas para o seu negócio", diz Marco Bissi, head of Customer Success da Associação Brasileira de Startups (ABStartups), apoiadora do projeto.
 
Entre os objetivos do Startup Dive estão o de desenvolver a capacidade de operar globalmente, de estruturar processos mais enxutos e eficientes, estabelecer rede e contatos no mercado dos Estados Unidos e adequar a operação ao mercado internacional. O programa acontece entre 21 de janeiro e 14 de abril de 2019 em New Haven, Connecticut (EUA). Durante três meses, em 160 horas de atividades, as participantes estarão imersas e sendo expostas aos diferentes aspectos do mercado.
 
As empresas viverão uma valiosa experiência que será a porta de entrada para a internacionalização dos negócios: imersão na cultura dos Estados Unidos, possibilidade de fazer reuniões com investidores, clientes, parceiros e outras startups, mentoria pré-imersão e mentoria jurídica, acesso ao coworking do HUB55, com atendimento da equipe brasileira e toda a infraestrutura do escritório.
 
Para Mauricio Costa, diretor de tecnologia do HUB55, essa experiência prática faz toda a diferença para um plano de internacionalização bem sucedido. "Pode-se empregar as melhores técnicas e talentos para prever resultado e garantir o sucesso. E ainda confiar nas previsões feitas com base em informação, competência profissional, e até intuição. Mas, se não houver experimentação de fato, um teste mesmo, não há como garantir a aderência do plano à realidade", explica. 
 
As consequências, diz Costa, serão amplificadas por questões como variação do câmbio, responsabilização de ações em um país estranho, implicações fiscais, risco de manchar a imagem da empresa e dos profissionais expostos ao novo mercado - para listar os mais óbvios. "Tentativa e o erro ainda são o melhor caminho para iniciar um complexo processo de internacionalização."  

O Startup Dive USA é realizado pela plataforma de internacionalização HUB55, com apoios da ABStartups, do Nexus do Parque Tecnológico de São José dos Campos, do escritório Braga Nascimento e Zilio Advogados Associados. O programa é destinado a startups brasileiras já estabelecidas, com potencial para internacionalização, pelo menos um executivo com fluência em inglês e disponibilidade para passar três meses nos Estados Unidos. Mais informações e inscrições em http://www.hub55.com.br/startupdive/
 
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PUBLICIDADE


Geral

Horoscopo do dia. Veja seu signo


Alckmin vê PT no 2oT e diz que só ele bate Haddad


Propaganda enganosa morre após ação da Gama


Detran alerta sobre limite de passageiros em veículos


Amoedo acusa 'turma do Bolsonaro' de espalhar fakenews



© 2009-2018. Portal Novo Momento de Notícias. website: pratza