Saúde

Por que meninos NÃO vão ao médico?

O Dia do Homem, 15 de julho, propõe uma reflexão

Publicado em 2018-07-11 19:00:01 Atualizado em 2018-07-11 19:00:01 (136 visualizações)

Você já pensou por que somente as meninas são incentivadas a ir ao médico na adolescência? O corpo de um garoto também se transforma e precisa ser compreendido por ele e analisado por um urologista. A saúde do homem deve ser acompanhada de perto e, na puberdade, os meninos precisam tirar dúvidas e receber orientações de um especialista.

A saúde do homem precisa de atenção, afinal eles vivem, em geral, sete anos a menos que as mulheres, por fatores como a falta de cuidado com corpo. A mudança deve começar com o incentivo às visitas ao médico desde cedo e não só quando quebra o braço jogando futebol. A consulta do garoto adolescente "não é uma terra de ninguém", mas função de um urologista, profissional que cuida da saúde do homem desde a puberdade até a velhice.

O urologista Ubirajara Ferreira, da Clínica Urohominis, frisa que o atendimento sério e personalizado é importante para que o acompanhamento seja feito no decorrer dos anos e, não somente, após os 40, idade que os pacientes começam a procurar a especialidade. "O convívio iniciado cedo gera estreitamento e até amizade entre médico e paciente. Isso permite confiança no profissional e liberdade para que ele conte o que vem sentindo ou passando", destaca Ferreira.

A psicóloga da Clínica Urohominis, Ângela Naccarato, que trabalha há mais de 15 anos atendendo homens e tratando os reflexos mentais que as disfunções do aparelho reprodutor masculino provocam, argumenta que os adolescentes e jovens não vão ao médico por vários aspectos. Ela relaciona, entre os motivos, a falta de incentivo e conhecimento dos pais ou pelos homens acharem que as informações que têm são suficientes.

"Tenho pacientes ainda jovens com problemas sexuais porque se frustram ao não atingir a expectativa de modelos difundidos na internet, por exemplo. Ou adultos que chegam com dúvidas que poderiam ter sido solucionadas anos trás", revela.

A equipe da Clínica Urohominis alerta que, não só no Dia do Homem, mas sempre, deve-se incentivar o homem de qualquer idade a ir ao urologista como forma permanente de prevenir doenças, de conhecer melhor o próprio corpo e prolongar a expectativa de vida.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PUBLICIDADE


Saúde

Casos de câncer vai subir para 18 milhões


SP tem 1º Encontro de Transplantes de Órgãos


Chá quente diminui risco de glaucoma


Brasileiro fuma 333 cigarros por ano


AM: Saúde promove palestra sobre suicídio



© 2009-2018. Portal Novo Momento de Notícias. website: pratza