Cidades

Foi pra diretoria e a culpa era da maconha

Em escola em Americana

Publicado em 2019-04-10 14:31:09 Atualizado em 2019-04-10 15:21:41 (5855 visualizações)

Uma adolescente foi auxiliada depois que a diretora da escola Paulo Freire, em Americana, percebeu que ela estava alterada. A garota portava maconha e assumiu ser dona da droga. O caso aconteceu esta terça-feira por volta das 10h.

A diretora da escola chamou uma equipe da Polícia Militar informando que a aluna apresentava nos últimos dias alteração no comportamento. Esta terça, após causar transtornos no andamento de trabalho escolar, a aluna foi levada a sala da direção para adotar medidas administrativas.

Ao verificar o material escolar da aluna, foi encontrado dentro do estojo escolar uma pequena porção de maconha, totalizando 1 grama. Em entrevista, a aluna confirmou que o entorpecente era de sua propriedade e para seu próprio consumo. Ocorrência encaminhada a Central de Polícia Judiciaria, onde o Delegado de Polícia Civil deliberou elaboração BOPC ato infracional, apreendendo o entorpecente e liberando a garota para a mãe.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PUBLICIDADE


Cidades

Diretor de cinema sumareense recebe homenagem na Câmara


Dois capturados e receptação de veículo no feriado


PMs entregam chocolates na comunidade do Zincão


NO vacina 672 pessoas contra gripe


Tiros em bar e mais um morto no Zanaga



© 2009-2019. Portal Novo Momento de Notícias. website: pratza