Geral

Suicídio se torna epidemia entre a Geração Z

Por Lu Magalhães

Publicado em 2019-11-26 19:00:03 Atualizado em 2019-11-26 19:00:03 (337 visualizações)

O suicídio é apontado como a segunda causa de morte entre a Geração Z. A informação integra o relatório do Centers for Disease Control and Prevention que aponta que a taxa entre pessoas de 10 a 24 anos aumentou 56% (2007 a 2017). Diante desses números, especialistas afirmam que o cenário é de uma epidemia. Exagero? Acredito que não. De 2007 a 2013, a taxa de suicídio entre jovens era de 3%; entre 2013 e 2017 passou a 7% ao ano. Entre os adolescentes de 15 a 19 anos, a taxa subiu 76% de 2007 e 2017. Na prática, a Geração Millennials – formada por nascidos a partir de 1997 – enfrenta uma crise de saúde mental superior à da anterior. O relatório mostrou que, em 2017, 13% dos adolescentes entrevistados relataram ter pelo menos um episódio depressivo no ano anterior.

Apoiada na crença de que informação de qualidade é essencial para enfrentarmos esse desafio de promover a saúde mental, sobretudo entre jovens, lançamos o livro Estresse e Ansiedade: encarando a epidemia nas garotas, de Lisa Damour, PhD em Psicologia. Colunista do The New York Times e da CBS News, a especialista se dedica a compreender a causa do desequilíbrio dos sintomas de estresse e ansiedade entre gêneros. Com um sólido trabalho acadêmico e clínico, Lisa aponta que as pressões cotidianas estão prejudicando mais as garotas.

O livro é um guia para refletir, discutir e encarar o crescente aumento da ansiedade e estresse entre as jovens meninas. O livro mostra que a incidência de ansiedade e estresse aumentou significativamente entre adolescentes de ambos gêneros, mas os estudos têm apontado que existe uma maior predominância entre meninas. Essa é, inclusive, uma ocorrência global.

A obra apresenta soluções práticas – apoiadas em pesquisas e em uma linguagem acessível – para abordar assuntos que podem ser causadores do estresse e ansiedade entre as garotas. Dividido em cinco grandes áreas –Lidando com o estresse e a ansiedade; Garotas em casa; Garotas com garotas; Garotas com garotos; Garotas na escola; e Garotas em nossa cultura –, é destinada a pais, familiares, responsáveis e educadores. A proposta é fornecer insumos suficientes para que adultos consigam refletir e conversar, de igual para igual, com meninas que estão vivenciando o desafio de lidar com quadros de ansiedade e estresse.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PUBLICIDADE


Geral

Marina Silva tira onda após Bolsonaro xingar Greta


Brasil estuda implementar sistema de alerta por TV digital


Comércio tem aumento nas vendas em período parcial


Pedido de casamento com Gama gera polêmica


TSE aprova normas para eleição municipal de 2020



© 2009-2019. Portal Novo Momento de Notícias. website: pratza