Moda

Como melhorar as suas selfies

Especialista dá dicas para garantir auto retratos que valorizam as características de cada rosto

Publicado em 2018-09-14 12:00:02 Atualizado em 2018-09-14 12:00:02 (425 visualizações)

Há 20 anos, quem imaginaria que quase todas as pessoas do planeta teriam em mãos um dispositivo digital capaz de fotografar e armazenar os registros de forma simples e instantânea. Se antes os registros fotográficos eram bem mais limitados, hoje o avanço da tecnologia, não só tornou possível que qualquer pessoa produza suas próprias fotos de forma ilimitada como estreou e popularizou um novo conceito na fotografia: as selfies. Para destacar as principais formas de conseguir os melhores autorretratos, o fotógrafo e professor do curso de fotografia do Centro Europeu de Curitiba, Michel William, preparou uma lista com dicas preciosas para explorar ângulos e tirar selfies mais bonitas.

Use o timer: Para o especialista, retardar o disparo da câmera em alguns segundos evita que as fotos fiquem tremidas e borradas, "Em situações de pouca luminosidade, o simples ato de apertar o botão de disparo pode movimentar a câmera levemente ocasionando esses problemas, e quando você retarda o disparo em 2 ou 5 segundos após apertar o botão, você tem tempo para "estabilizar" a sua mão e consequentemente o celular", afirma.

Escolha o melhor ângulo: Segundo Michel William, outra boa dica é buscar o ângulo que melhor funciona para cada um, evitando as perspectivas extremas, muito alto, muito baixo ou muito de lado. "Aproxime e afaste a câmera do seu rosto, faça testes buscando o melhor resultado, isso ajudará você também a ser mais ágil quando estiver passeando ou se divertindo. E não esqueça de olhar para a lente e não para o display", detalha o especialista.

Controle a exposição: A luz certa faz toda a diferença na qualidade das fotos e para que elas não fiquem muito escuras ou muitos claras o segredo é controlar a exposição. O fotógrafo Michel William explica como fazer: "A maioria dos smartphones modernos tem um sisteminha de controle de exposição de fácil acesso, no meu está na tela mesmo, basta eu colocar o dedo ao lado do botão de disparo que ele aparece com um símbolo de uma lâmpada, eu coloco o meu dedo sobre ela e arrasto para baixo ou para cima até escolher a exposição mais correta e click".
 
Flash emprestado: Outro ponto relevante apontado pelo especialista é escolher a posição da fonte de luz. "Nós profissionais, ao contrário do que as pessoas podem pensar, não gostamos de usar o flash em cima da câmera alinhada com a lente, porque nessa posição o facho de luz elimina as sombras e tira o volume que as sombras geram. Então sugiro o mesmo para as selfies, basta  pedir para algum amigo para usar apenas a lanterna do aparelho dele. Lembrando de que a luz deve estar um pouco acima da sua cabeça mas direcionada ao seu rosto e num ângulo de 30 a 45 graus, para a esquerda ou direita, dessa forma suas selfies não ficarão com uma luz chapada e as linhas do rosto serão ressaltadas", completa Michel William.

 
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PUBLICIDADE


Moda

Designer de lingerie se torna gigante do setor


Kroozer. Novidade para pisada neutra


Lingerie ideal para cada tipo de corpo


Casa Bonita lança novo conceito com arquitetos


Espaço fitness tendência nos condomínios



© 2009-2018. Portal Novo Momento de Notícias. website: pratza