Vai tirar férias e viajar? Confira algumas dicas para levar seu pet

Viagem e turismo,

Vai tirar férias e viajar? Confira algumas dicas para levar seu pet

2 de janeiro de 2024

Com a chegada das férias, muitos tutores planejam suas viagens ao lado de seus pets. Viajar com um animal de estimação exige cuidados, e para garantir que tudo ocorra bem e em segurança, algumas orientações são fundamentais. Uma programação prévia e responsável é a chave para aproveitar cada momento e garantir que todos tenham experiências positivas.

“Viajar com os pets é uma ótima oportunidade para vivenciar momentos especiais e criar ainda mais conexão com eles. É fundamental, no entanto, considerar o bem-estar e o conforto dos animais durante os períodos fora de casa, e, para isso, certos cuidados são essenciais”, comenta Priscila Rizelo, Médica-Veterinária e Coordenadora de Comunicação Científica da Royal Canin Brasil. “O planejamento antecipado faz parte da guarda responsável, além disso, considerar as necessidades individuais do animal para que ele também possa usufruir da viagem, é fundamental”

A Mars Petcare, detentora das marcas ROYAL CANIN®, PEDIGREE® e WHISKAS®, separou dicas valiosas para uma viagem segura e agradável com os pets. Confira!

Consulte um Médico-Veterinário
Antes de viajar, agende uma consulta com o Médico-Veterinário para um check-up completo do animal. Certifique-se de que as vacinas estão em dia e obtenha um atestado de saúde válido para viagens, especialmente se estiver indo para outra região ou país. Discuta também a prevenção de parasitas, como pulgas e vermes, para garantir que o pet esteja protegido durante a viagem. Se ele costuma se sentir enjoado durante viagens de carro, discuta com o Médico-Veterinário possíveis alternativas para contornar essa situação.

Alimentação adequada é indispensável
Leve o alimento que o animal consome habitualmente, garantindo quantidade suficiente para toda a viagem. Considere o “mix feeding”, combinando as versões úmida e seca do alimento. Essa combinação proporciona uma dieta balanceada e mantém seu pet saudável e hidratado durante o período.

Monte um kit de viagem para o seu pet
Prepare um kit de viagem que inclua itens essenciais, como caixa de transporte apropriada, guia, coleira com suas informações de contato, comedouros, brinquedos, caminha, manta, itens de higiene e medicamentos de emergência prescritos pelo Médico-Veterinário. Estar preparado para qualquer situação garante uma experiência tranquila para todos.

Atenção nos passeios ao ar livre e às altas temperaturas
Ao passear ao ar livre, evite a exposição solar entre 10h e 16h para proteger seu pet do calor excessivo. Ofereça sombra e água fresca, especialmente nos dias mais quentes, e proteja as patinhas para evitar queimaduras pelo contato com superfícies quentes ou areia. Evite deixá-lo sozinho por longos períodos e mantenha um ambiente com ar condicionado ou ventiladores para ajudar a controlar a temperatura corporal. Além disso, mantenha o animal sempre na guia e leve sacolas para a coleta adequada de fezes.

Cuidados especiais em praias, sítios e fazendas
Se o destino for campo ou praia, esteja atento às picadas de insetos e realize uma dedetização prévia do ambiente onde seu pet irá circular para protegê-lo contra insetos transmissores de doenças. Fique atento à dirofilariose canina e à leishmaniose, ambas doenças transmitidas por mosquitos, e tome medidas preventivas para garantir que ele permaneça saudável durante toda a viagem. Além disso, esteja ciente das doenças específicas da região e siga as orientações do Médico-Veterinário para evitar riscos à saúde do animal.

Hospedagem pet friendly
Ao escolher acomodações, opte por hotéis e estabelecimentos pet friendly. Certifique-se de que o local e profissionais estejam aptos para receber animais e ofereça um ambiente seguro e confortável para o seu pet durante a estadia e sua ausência.

Sensibilidade dos gatos ao sair do próprio ambiente
Diferente dos cães, os gatos tendem a ficar estressados ao deixar seu próprio território. Para os felinos, permanecer em casa com cuidados regulares de um profissional capacitado é o recomendado e a melhor opção. Mudanças de ambiente geram desconforto e ansiedade nesses pets, impactando negativamente em seu bem-estar. Se a viagem for inevitável, garanta um ambiente seguro e familiar, com telas de proteção e itens familiares, como brinquedos e mantas. Discuta com o Médico-Veterinário estratégias para minimizar o estresse do animal durante a viagem.

LEIA TAMBÉM: Fundo Social de Solidariedade realiza mais de 4 mil atendimentos em 2023

cpfl-fogos

Vai tirar férias e viajar? Confira algumas dicas para levar seu pet

PARTICIPE DO GRUPO DO NOVO MOMENTO NO WHATSAPP

Gostou? Compartilhe!